27 de jun de 2008

Uma nação no groove

Aí foi onde a brincadeira começou pra mim. Comprei esse album(Cd) num sebo lá em Curitiba. Foi 5R$ a bagatela. Nunca me arrependi e acho que vocês não vão se arrepender também.
Agora George Clinton comandando o Funkadelic:

Funkadelic - One Nation Under A Groove (1978)




















download

01 one nation under a groove
02 groovallegiance
03 who says a funk band can’t play rock?!
04 promentalshitbackwashpsychosis enema squad (the doodoo chasers)
05 into you
06 cholly (funk getting ready to roll!)
07 lunchmeataphobia (think! it ain’t illegal yet!) (live)
08 p.e. squad/doo doo chasers (instrumental) (live)
09 maggot brain (live)


26 de jun de 2008

Funkentelechy Vs. The PlaceboSyndrome

Opa! tamos na área! A convite do amigo Bola, vou postar uns sonzinhos maneiros aqui!
Pra começar, uma obra prima de George Clinton com o Parliament:

Funkentelechy Vs. The PlaceboSyndrome (1977)





















download: http://sharebee.com/dde5cd29


Neste album contém a clássica "Flash Light" que vale muito a pena ser ouvida!
Espero que gostem, e até a proxima.

21 de jun de 2008

Kuro, Shiro


Na cena de abertura do filme já se percebe que o que você está vendo não é algo comum, não é só mais uma animação. Voando atrás daquele corvo nos deslumbramos com a Cidade do Tesouro; belíssima cena, e esse encantando com o mundo feérico de Tekkonkinkreet nos acompanha todo o tempo: do vôo ao mergulho, do fogo à agua. É uma sensação interessante quando o filme chega ao fim. Mesmo se você se flagrar perguntando no final: "o que diabos foi isso", a vontade é de ficar ali, olhando para a tela escura, deparando-se com a necessidade de fazer algo que tenha algum significado. É até engraçado, mas a amizade entre Kuro (Preto) e Shiro (Branco) é tão profunda que me senti extremamente frívolo e inútil. Eles além de amigos são irmãos, órfãos; e estão tão conectados que a sua separação pode levar ambos a lugares inóspitos da mente.

A animação é baseada no mangá escrito por Tayo Matsumoto (que também é excelente) e dirigida por Michael Arias, que trabalhou em outras animações, mas nunca como diretor. O estúdio "4 C", que produziu Tekkonkinkreet também foi o que fez Memories e um dos curtas de Animatrix. Eleva a animação a um novo patamar. O visal é fantástico como podem ver nas imagens que aqui posto (porém essas imagens são apenas scans do artbook de Tekkonkinkreet, e não fazem justiça aos verdadeiros gráficos). Alguns comparam Tekkonkinkreet com o que foi Akira, do gênio Katsuhiro Otomo, em 1988. Em termos de inovação é verdade. Ambos revolucionaram a animação em todos os seus aspectos. Porém, para mim (e agora vou ofender a muitos amantes da animação), a história de Kuro e Shiro é a melhor já produzida. O problema é que, assim como em Akira, o filme tem dificuldades de resumir todo o mangá, que possui mais de 600 páginas; o que dá a impressão de que a história passa meio corrida por alguns detalhes. Mas claro que esse fator não compromete a obra, até porque não podemos desejar que o filme dure 5 horas (se bem que poderia ter sido um pouco maior, tem 111 min. de duração).


Clique nas imagens para ampliá-las.




Essas são imagens de background, que como já disse, não fazem juz às verdadeiras imagens. Além disso essas são imagens estáticas, pensem nesse cenário, tão ricamente detalhado, em movimento. É fenomenal. Há mais imagens no link: http://i-seldom-do.livejournal.com/115405.html

Link para o trailer: http://www.youtube.com/watch?v=r-6ODj3GSi0

Entrevista com o diretor Michael Arias (em inglês, não tem legenda, mas muito interessante): http://www.animenewsnetwork.com/ann-tv/2008-01-06
Melhor só assistir a entrevista depois de ver o filme. A entrevista tem alguns spoilers, algumas cenas que se vistas anteriormente ao filme podem prejudicar a sua experiência com a animação. Também apresenta a visão do diretor, o que atrapalha a construção de sua própria interpretação.

No fim das contas, a animação passa uma mensagem bem simples; nas palavras de Shiro: "Seja feliz, seja feliz."

2 de jun de 2008

Turbo Trio - Baile Bass


Bem, já que estou postando musica brasileira e falando de som pra dançar vou incluir essa sonzeira por aqui. Esse CD foi produzido por Tejo Damasceno e Alexandre Basa junto com o Mc BNegão. Um gaúcho, um paulista e outro carioca, se aliaram para brincar e fazer um som dançante, e não é que conseguiram!
O CD tem grande influência dos anos 80 como Miami Bass, Afrika Bambaataa, e maintronix, já dos anos 90 eles capituraram o groove do ragga e do funk brasileiro, bela mistura.
É isso ai galera, agora é pegar dançar curtir! BAIXE AEE!


BAIXE AQUI : Turbo Trio - Baile Bass

PARA SABER MAIS : http://www.myspace.com/turbotrio